A decoração da sala é uma das mais impactantes de toda a casa!

Geralmente é o primeiro lugar que se entra no interior da residência, é onde se recebe visitas e muitas vezes é também o local onde a família se reúne em momentos de confraternização e descanso.

Por isso, é um dos ambientes que mais recebem a atenção dos decoradores, principalmente considerando que a sala é o cartão de visita da casa.

Sabendo disso, selecionamos para você algumas dicas e ideias para se inspirar e decorar a sua sala com criatividade, imprimindo um pouco da sua personalidade nela:

A decoração da sala

Ideias para decoração da sua sala

A sala de estar é o primeiro ambiente da casa visto pelo visitante, por isso é recomendável que se transmita a sensação de boas-vindas e demonstrar um pouco da personalidade dos moradores, traduzindo inicialmente parte do estilo de decoração de todo o restante da casa.

Uma sala deve ser sobretudo agradável, clara e convidativa, mas não tem a princípio nenhum compromisso com a formalidade.

Cores

O uso de cores é muito positivo, desde que não haja exageros ou excessos em geral; o minimalismo é um estilo bastante adequado para a decoração de uma sala por priorizar os relacionamentos e o convívio no local, além do consumo de mídia como TV, música e confraternizações.

Decoração da sala e a utilização do espaço

É interessante que haja um local para objetos das pessoas que entram, como cabides para casacos e chapéus, guarda chuvas, chaves, priorizando a praticidade.

Nesse sentido, o fluxo de pessoas deve ser considerado; convém evitar que o caminho de entrada da porta da sala para o restante dos cômodos passe entre a TV e o sofá, por exemplo.

Isso influenciará diretamente na disposição dos móveis da sala, que jamais devem ficar de costas para a porta de entrada – o que acontece frequentemente com poltronas e sofás, por exemplo.

Móveis na decoração da sala

Em espaços amplos, sofás, mesas, armários e poltronas não devem ficar juntos às paredes, trazendo o fluxo de pessoas para o centro da sala, portanto pense em “rotas alternativas” para melhorar a circulação.

Por falar nos móveis da sala, não coloque todos com a mesma altura. Procure variar as dimensões para não transmitir uma sensação monótona, principalmente se forem monocromáticos.

Escolha primeiro os racks e estantes, sofás, poltronas e mesas antes de inserir os tapetes e os quadros, para facilitar a harmonização entre eles.

De forma geral, a TV pode ser fixada na parede com um painel que faça as vezes de estante (a madeira é geralmente mais aceita pela sensação acolhedora que transmite) ou sobre racks baixos que acomodem também o receptor de TV e aparelhos de DVD e BluRay.

Adesivos de parede podem ser uma alternativa muito boa para decorar ambientes com um excelente custo benefício!

Plantas são muito bem-vindas à sala, trazendo cor e vida à decoração! Quadros podem tornar o espaço ainda mais elegante, desde que esteja combinando com o estilo do ambiente.

Fotos de família sobre mesas ou racks contam um pouco da sua história e trazem sentimento a este local de confraternização.

Escolhendo as cores para as paredes da sala

As cores na parede da sala

As cores da parede são as mais importantes no projeto de decoração da sala, pois a partir dela é que serão definidas as cores dos móveis, e depois as cores de cortinas e almofadas.

Se você pretende colorir a sua sala, provavelmente pretende transmitir sentimentos como a alegria, o amor e a felicidade;  portanto faça a opção levando isso em consideração.

Cores mais neutras como cinza e bege devem apenas compor e contrastar com a escolha principal das cores.

O tom sobre tom não é indicado; ao invés disso, opte pelo contraste.

Quando as paredes mostrarem cores fortes e vivas, os móveis combinam melhor quando neutros, e no caso o inverso também funciona.

Isso porque o excesso pode carregar demais o ambiente.

Decorando salas pequenas

Decorando salas pequenas

Em salas de pouco espaço, é importante priorizar a sensação de amplitude com cores claras, evitando excesso de cores, de objetos e estampas para não sobrecarregar a visão, o que pode dar a impressão de uma sala menor do que realmente é.

Dê ênfase a uma boa distribuição dos móveis e mantenha o foco no principal, como a mesa, sofás e estantes, com detalhes e objetos discretos.

Os tapetes pequenos devem ser evitados, pois eles “dividem” os espaços, já tapetes grandes ampliam o ambiente.

Espelhos podem ser utilizados mas com cautela, jamais devem ficar de frente a uma mesa de jantar em que as pessoas podem se ver durante uma refeição!

Outras coisas que favorecem uma sala pequena são as cores neutras e linhas retas: portas de correr podem ser charmosas e economizam bastante espaço, possibilitando colocação de móveis, plantas e pontos de circulação que não seriam possíveis com uma porta convencional.

As medidas são muito importantes se pensando em espaços limitados. Tire as medidas com uma trena ou fita métrica antes de escolher e comprar os móveis.

Centímetros podem ser a diferença entre um móvel ideal e outro um pouco maior do que o possível para o cômodo.

Utilize a iluminação para evidenciar os pontos fortes da decoração, e conte com ela para aumentar a sensação de espaço deixando o ambiente bem claro, pontuando as cores que traduzem a personalidade e o estilo de decoração.

Decoração de salas grandes

Decorando salas grandes

Para compor uma sala com bastante espaço o desafio é tornar o ambiente ao mesmo tempo aconchegante e bonito, inclusive com a possibilidade de fracionamento da sala transformando um cômodo grande em dois ou três (sala de estar, sala de TV, sala de jantar).

Neste caso, TVs podem ser grandes, fixadas em amplos painéis nas paredes. Racks em grandes ambientes podem funcionar dependendo do modelo, mas se forem compactos demais podem sugerir que a sala está vazia.

Salas grandes possibilitam que a mobilidade seja priorizada, deixando os espaços de circulação em torno do ambiente de convívio e evitando que as pessoas passem em frente à TV para se movimentarem, por exemplo.

A iluminação pode auxiliar a criar múltiplos ambientes, assim como as cores, que fazem as vezes de “paredes invisíveis”.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário abaixo e nos ajude a melhorar cada vez mais os nossos artigos!